Seu navegador não suporta Javascript.

Notícia Destaque: A Justiça tarda, mas não falha

02/06/2007 - 12h14min
ampliar A Justiça tarda, mas não falha A Justiça tarda, mas não falha

O Exmo Juiz de Direito da Comarca de São Pedro, a qual Agricolândia está subordinada, FRANCISCO DAS CHAGAS FERREIRA, concedeu liminar ao processo apresentado pela combativa vereadora Edith Alencar c...
Leia a matéria completa



Sessão da Câmara dos Vereadores

17/09/2015 - 19h43min

Sessão da câmara dos vereadores do dia 28.08.2015 no uso da tribuna vereador Silva Neto.





TV NEWS - VÍDEOS


   

Ver todos os vídeos

Sessão da Câmara dos Vereadores

17/09/2015 - 19h40min

Sessão da câmara dos vereadores do dia 28.08.2015 no uso da tribuna vereador Gilvan





Sessão da Câmara dos Vereadores

17/09/2015 - 19h37min

Sessão da câmara dos vereadores do dia 28.08.2015 no uso da tribuna vereadora Antonia Santana





Sessão da Câmara dos Vereadores

17/09/2015 - 19h29min

Sessão da câmara dos vereadores do dia 28.08.2015.


No uso da tribuna vereador Firmo Barradas.





Prefeito Walter Alencar compre promessa de campanha

17/09/2015 - 11h39min
ampliar Prefeito Walter Alencar compre promessa de campanha Prefeito Walter Alencar compre promessa de campanha

A prefeitura de Agricolândia, em parceria Ministérios das cidades, C.E.F. e Secretaria de obras do município, iniciam a obra de calçamento da rua Raimundo Ferreira Nunes trecho que dar acesso as cidades de Lagoinha e Água Branca.
Segundo o Prefeito do município Walter Alencar as obras no município avançam para outros pontos da cidade.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Todos cortando tudo

15/09/2015 - 19h03min
ampliar Todos cortando tudo Todos cortando tudo

Fez sucesso em algumas manifestações, inclusive a de sete de setembro em Brasília, bonecos infláveis representando o ex presidente Lula experimentando o seu futuro terninho e a Dilma, como Pinócchio. Leio hoje que um sex shop em São Paulo lançou uma boneca inflável com a cara e corpito da Dilma. Um sucesso de vendas. Todo mundo querendo dar o troco na dita cuja: “_Pôs no meu, agora vou por no teu!” é o que mais se comenta por lá. É a vingança popular: “olho por olho, dente por dente, e ...” bem, deixa prá lá.

Já a Policia Federal está investigando o buffet que atendeu a comitiva presidencial em sua visita ao Piauí. Não se trata de mais um caso de superfaturamento. Uma funcionária teria postado nas redes sociais que serviria “algo de especial” à presidente. Será condenada por estragar a surpresa ou, no mínimo, por propaganda enganosa. Perdeu a chance de tornar-se heroína nacional e virou investigada.

Dilma já cortou o Bolsa Família, o Pronatec, o Fies, o salário dos servidores concursados e que trabalham, as verbas do PAC, etc. Todos na esperança que o próximo a ser cortado será o seu próprio pescoço. O Programa Minha Casa, Minha Vida será agora o Meia Casa, Meia Vida. E o PT vai ter nas próximas eleições o meio voto.

Depois de colocarem o Brasil no SPC, o pessoal da Standard & Poor's (lê-se: estândárt i póooorrrsss) rebaixou as empresas brasileiras para a série “B”. Ano que vem teremos jogos Vasco X Petrobrás em São Januário com Vale X Itaipu na preliminar. A entrada será 1 kg de alimento não perecível. A situação está tão afrodescendente que o Zimbábue chamou seu embaixador no Brasil para consultas (não esclareceu se estas seriam médicas).

Acabo de assistir o lançamento do REDOM, um programa federal para refinanciamento das dívidas com nossos empregados domésticos (vou colocar a Silvinha no REDOMA). Temos ainda o REFIS, REBANC, e outros “RE” por aí. É mais ou menos assim: o governo cria impostos e encargos que o contribuinte não consegue pagar. Quando “quebra” o contribuinte, o Governo lança um programa de refinanciamento do roubo onde o infeliz pode ter boa parte da extorsão perdoada, desde que pague pontualmente as parcelas da renegociação. É mais ou menos o que o traficante faz com o viciado endividado.

Ainda no noticiário, o jornal britânico Financial Times diz que “o Brasil é um doente em estado terminal”, e completa: “Se o Brasil fosse um paciente internado, os médicos do pronto-socorro o diagnosticariam como doente terminal”. Só se fosse no pronto-socorro de lá! No pronto-socorro daqui, todos os doentes que dependem do poder público são considerados doentes terminais. Se não terminar a vida, termina o soro, o medicamento, a gaze, a paciência das enfermeiras.

Continua a greve no INSS. Tem segurado que vai se aposentar de tanto esperar para se aposentar. Eu me lembro de uma propaganda do Governo Federal, recente, que alardeava que daquele momento em diante seria possível aposentar-se em 30 minutos. O trabalhador trabalha 35 anos, espera mais vinte para completar a idade certa, depois mais 3 meses para agendar uma entrevista, 2 meses para juntar os documentos, 3 esperando a greve acabar, 5 horas na fila depois do horário do agendamento e, só então, mais 30 minutos e: tudo pronto! Para o velório do infeliz. E não adianta querer entrar na Justiça Federal para conseguir o benefício: seus servidores também estão em greve! Só a Silvinha não faz greve: bebe todo dia.

Por falar em Silvinha, hoje ele perguntou se eu teria uma garrafa de um certo Vermute vermelho para emprestar (na verdade para doar). Contou ela que sua ex-futura cunhada interrompeu a gravidez tomando esta bebida e agora, como sua tia estava grávida do ex-marido... Dois detalhes: a futura ex-cunhada tomou 3 litros do Vermute e, desta forma, abortar foi o que de melhor poderia ter acontecido no estado em que ficou. E, ademais, quem engravida do ex-marido não merece qualquer tipo de compaixão.

Por falar em ex-marido, o Vaticano facilitou os trâmites para a anulação do casamento, tornando-o mais rápido e mais barato. Pois há muitos anos um certo padre do interior próximo aqui no Piauí já adotara esta prática, pois, em troca de uma boa remuneração, sacramenta uniões de cônjuges anteriormente casados, homem com homem, mulher com mulher, homem com cabra e todas as demais variações.

Eu sempre falei que este negócio de comprar pela internet iria dar problema. Comprei livros, tudo entregue certinho. Remédios, idem. Aí resolvi ousar e comprei um eletrodoméstico para entregarem depois de 30 dias. Loja conhecida, conceituada, livre de qualquer dúvida. Pois comprei um equipamento e recebi outro no valor de 25% daquele que comprei (e paguei, já que o pagamento é antecipado). Não adianta tentar reclamar. O telefone do SAC é de outro Estado (interurbano) e tarifado. Uma voz metálica pede para você digitar sua opção e, mais ou menos no quinto ou sexto menu, a mesma voz agradece sua ligação e... desliga.

Tentei pelo chat, mas desisti quando na tela apareceu a mensagem que eu seria o 96º da fila para ser atendido. Podem me chamar de velho, ultrapassado, arcaico, o quê for, mas daqui para frente só compro em lojas onde posso sair com o produto comprado debaixo do braço (ou na caçamba de meu carro). Pagar, para receber depois, nunca mais! Também está cortado!

Hoje recebi um dos mais significativos presentes de minha recente existência: um “Sonho de Valsa” enviado pela mais íntegra mulher e servidora pública que tive a honra de conhecer. Como ela sempre se preocupa quando cito nomes em minhas crônicas, omitirei o seu.

*Arthur Teixeira Júnior é colaborador

Desfile de Sete de Setembro em Agricolandia foi um Sucesso

09/09/2015 - 10h19min
ampliar Desfile de Sete de Setembro em Agricolandia foi um Sucesso Desfile de Sete de Setembro em Agricolandia foi um Sucesso

Fotos parte 1

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Sete de Setembro (parte 2)

09/09/2015 - 09h54min
ampliar Sete de Setembro (parte 2) Sete de Setembro (parte 2)

Fotos parte 2.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Sete de Setembro (parte 3)

09/09/2015 - 09h25min
ampliar Sete de Setembro (parte 3) Sete de Setembro (parte 3)

Foto parte 3.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Sete de Setembro (parte 4)

09/09/2015 - 08h58min
ampliar Sete de Setembro (parte 4) Sete de Setembro (parte 4)

Fotos parte 4.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Sete de Setembro (parte 5)

08/09/2015 - 15h37min
ampliar Sete de Setembro (parte 5) Sete de Setembro (parte 5)

Fotos 01

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Seresta no Geladas Bar

08/09/2015 - 15h03min
ampliar Seresta no Geladas Bar Seresta no Geladas Bar

A seresta do Geladas Bar foi um sucesso.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Túnel do Tempo News

04/09/2015 - 09h20min
ampliar Túnel do Tempo News Túnel do Tempo News

Sete de Setembro em 1986 em Agricolandia.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Convite para missa de sétimo dia

03/09/2015 - 10h03min
ampliar Convite para missa de sétimo dia Convite para missa de sétimo dia



O Manim filho do Juarez convida a todos parentes, amigos e pessoas religiosas para  a missa de sétimo dia de seu filho Fabiano Pereira dos Santos, que será celebrado domingo (06/09) às 06:00 horas no cemitério Catarina em Agricolandia.


Por mais este ato de fé, religião e amizade que a família antecipadamente agradece a todos.  


 


 


 


Geladas Bar

25/08/2015 - 23h57min
ampliar Geladas Bar Geladas Bar

Seresta dia 05 de setembro

T C E reprova contas do Ex-Prefeito João de Deus

25/08/2015 - 14h14min
ampliar T C E reprova contas do Ex-Prefeito João de Deus T C E reprova contas do Ex-Prefeito João de Deus

O Tribunal de Contas do Estado decidiu reprovar a prestação de contas anual da prefeitura de Agricolândia, referente ao exercício de 2012, gestão do ex-prefeito João de Deus Ribeiro dos Santos.

Durante o julgamento foram apontadas várias irregularidades, tais como: atraso de sete dias e não envio de peças componentes da prestação de contas mensal, devolução de 10 (dez) cheques sem fundos, no valor total de R$ 82.118,94, que gerou gastos com encargos bancários no valor de R$ 279,50, ausência de procedimentos licitatórios referentes à aquisição de ônibus, no valor de R$ 186.000,00, e à aquisição de gêneros alimentícios, no valor de R$ 26.570,21, além de fracionamento de despesas nas contratações relacionadas ao mesmo objeto, de forma continuada e fragmentada, cujo somatório anual ultrapassou o limite fixado para dispensa de licitação, à aquisição de peças e acessórios para veículos, no valor de R$ 11.880,00, à contratação de serviços de transportes e fretes, no valor de R$ 19.900,00; à contratação de serviços mecânicos, no valor de R$ 13.770,00; à aquisição de refeições, no valor de R$ 8.279,00; à contratação de serviços advocatícios, no valor de R$ 8.500,00 e à contratação de serviços de limpeza e desinfecção, no valor de R$ 15.760.

Foram encontradas ainda irregularidades pertinentes a gastos com publicações junto ao Diário Oficial dos Municípios, pois se constatou dispêndio da ordem de R$ 22.392,00 junto ao DOM, sem o envio do devido procedimento administrativo interno com suas justificativas pertinentes para respaldar os gastos realizados, contratação de shows, pois se observou despesas com pagamento de prestação de serviços artísticos, no valor total de R$ 34.600,00 sem a formalização de processo de justificativa de preço, com provas de que os contratados cobram preços iguais ou similares de outros com quem contratam para evento de mesmo porte; contratação de serviços contábeis, pois se constatou despesas empenhadas, durante o período de janeiro a dezembro no valor de R$ 74.400,00, sem o envio dos procedimentos adotados e irregularidade pertinente à arrecadação de ISS, pois constam pagamentos de serviços prestados neste município sem a incidência de ISS, mais especificamente, a cobrança do imposto devido.

O conselheiro Olavo Rebelo foi o relator do processo. O julgamento ocorreu no dia 11 de agosto de 2015 e publicado no diário eletrônico desta segunda-feira (24).



Escrito por Rauristênio Bezerra em 25/08/2015 às 07h44

Vídeo: Sessão da Câmara Municipal de Agricolândia - 21.08.2015

24/08/2015 - 22h52min

Vídeo: Sessão da Câmara Municipal de Agricolândia - 21.08.2015

24/08/2015 - 22h51min

Vídeo: Sessão da Câmara Municipal de Agricolândia - 21.08.2015

24/08/2015 - 22h49min

Vídeo: Sessão da Câmara Municipal de Agricolândia - 21.08.2015

24/08/2015 - 22h48min
EnqueteVocê é a favor ou contra da Lei da Ficha Limpa para nosso municipio. Vote SIM P/ a favor e NÃO P/ contra.

Auditado por Google Analytics