Seu navegador não suporta Javascript.

Notícia Destaque: Uma Adiministração para jamais esquecer

05/03/2015 - 21h33min
ampliar Uma Adiministração para jamais esquecer Uma Adiministração para jamais esquecer

Na campanha eleitoral para a Prefeitura em 2012, Walter Alencar não se cansava de repetir, dentre outras citações: “Minha administração entrará para a história de ...
Leia a matéria completa



Câmara dos vereadores pega um calote do prefeito

23/11/2012 - 08h34min
ampliar Câmara dos vereadores pega um calote do prefeito Câmara dos vereadores pega um calote do prefeito

Pelo 4º mês consecutivo, o Prefeito não repassa o duodécimo da Câmara dos Vereadores. Com esta atitude o Prefeito paralisa também o Poder Legislativo do Município, já que o Poder Executivo está parado pelo corte de energia elétrica no prédio. Assim, a Presidente da Câmara, Edith Alencar, não tem como pagar os vereadores, os funcionários e as despesas correntes (água, luz, etc) além do empréstimo consignado dos vereadores.


Reter a verba do Poder Legislativo é crime, mas João de Deus não tem mais nem pudor de fazer as coisas erradas no fim do seu mandato.


A presidente da Câmara já entrou com mandato de segurança, pedindo o bloqueio das contas da prefeitura a quase um mês. Mas o Prefeito debocha das autoridades e da população.


Mas onde está o dinheiro da Prefeitura? Especula-se que os agiotas estão cobrando o Prefeito que por sua vez, cedendo às pressões, está quitando alguns débitos para salvar o seu pescoço. Dizem também que João de Deus está guardando dinheiro para pagar advogados. Mas o que mais se comenta é que o Prefeito está mesmo é comprando uma Hylux novinha para curtir enquanto durar sua liberdade.


Durma com tanto barulho desses!

Por Quincas Berro D’água, tranquilão, pois não é vereador e nem funcionário da Prefeitura.





TV NEWS - VÍDEOS


   

Ver todos os vídeos

Agora é hora de comemorar

22/11/2012 - 08h37min
ampliar Agora é hora de comemorar Agora é hora de comemorar

A vereadora Edith Alencar recebeu eleitores e amigos em sua casa para comemorar e agradecer, a cada um dos 292 votos que recebeu em sua reeleição com um churrasco e muita gelada. Fui a terceira candidato mais votado e a segunda da minha coligação, não poderia de passar em branco este momento feliz com meus eleitores. Mereci de todos vocês uma votação consagradora e, por si mesmo, suficiente para fortalecer ainda mais a minha atuação na Câmara Municipal de Agricolândia. Com a grata multiplicação dos votos cresce também a minha responsabilidade como política preocupada em combater as injustiças e em reduzir as desigualdades sociais.


Quero  apertar a mão de cada um deles e dizer: muito obrigado. Porém, sintam-se todos cumprimentados, vocês aí, da baixa, do poeirão, buraco dágua, da vila, do novo horizonte, pitombeira, tamboril, boi morto, mangabeira, o centro e tantas outras localidades que me receberam com carinho e alegria, durante a campanha eleitoral.


Quero agradecer de modo muito especial deus e meus familiares principalmente meu pai Chicão Alencar e meu esposo Claudio, que sempre estiveram comigo e me deram o estímulo e a força necessária para o bom desempenho do meu mandato. Vem também deles o inventivo para continuar a minha luta. Agradeço ainda aos amigos que não puderam votar em mim, mas, de longe, pelas redes sociais, enviaram mensagens de apoio, solidariedade, carinho e confiança.


Caminhamos juntos, marcharmos juntos, subindo e descendo ladeiras e entrando em ruas, becos, vielas, levando nossa mensagem de fé e esperança na construção de uma cidade melhor e mais humana para todos os seus habitantes de Agricolandia.


O sucesso nas urnas jamais modificará o jeito de ser, atuante, simples, tranquila e sincera. Acredite na força e coragem da sua amiga para todas as horas, sobretudo as mais difíceis.


“Obrigado Agricolândia”. Disse a única vereadora reeleita de Agricolândia, Edith Alencar.

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





Agora é hora de comemorar

22/11/2012 - 08h19min
ampliar Agora é hora de comemorar Agora é hora de comemorar

Fotos da comemoração da festa da vitoria da vereadora Edith.

“Obrigado Agricolândia”. Disse a única vereadora reeleita de Agricolândia, Edith Alencar.

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





Agora é hora de comemorar

22/11/2012 - 08h02min
ampliar Agora é hora de comemorar Agora é hora de comemorar

Fotos da comemoração da festa da vitoria da vereadora Edith.

“Obrigado Agricolândia”. Disse a única vereadora reeleita de Agricolândia, Edith Alencar.

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





Agora é hora de comemorar

22/11/2012 - 07h16min
ampliar Agora é hora de comemorar Agora é hora de comemorar

Fotos da comemoração da festa da vitoria da vereadora Edith.


“Obrigado Agricolândia”. Disse a única vereadora reeleita de Agricolândia, Edith Alencar.

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Seresta no Barbaridades

22/11/2012 - 05h36min
ampliar Seresta no Barbaridades Seresta no Barbaridades

Já foi dada a partida para as festas e serestas que acontecerão em Agricolândia sexta-feira 04 de janeiro de 2.013. E quem saiu na frente foi o Barbaridades, que fará sua primeira festa pública.

Segundo os organizadores, a seresta terá uma estrutura diferenciada. O ambiente será interno, em ampla área murada existente nos fundos do Restaurante, onde estão sendo construídos dois sanitários para maior conforto dos freqüentadores e instalada a iluminação adequada.

A tradicional cozinha estará funcionando no dia do evento, proporcionando aos usuários várias opções de cardápio, além da cerveja super gelada. Vamos prestigiar.

Assim Não Aguento

22/11/2012 - 05h14min
ampliar Assim Não Aguento Assim Não Aguento

Deve ser caótico o estado financeiro da Prefeitura de Agricolândia. Vejo o lixo espalhado nas ruas, a Prefeitura sem energia, as casas sem TV aberta, o hospital sem qualquer material, as ruas mergulhadas na total escuridão. E de tanto ver estes fatos, diariamente, confesso que todos vão se acostumando. Inclusive eu, já me conformando. E esquecendo. Deixando prá lá.


Mas quando vi a foto da Banda que foi contratada para animar a Semana Cultural de nossa cidade, vi que chegamos ao fundo do poço.


Com todo o respeito aos integrantes da banda, que aliás não conheço e nunca vi apresentarem-se, é hilário. Cinco meninos mirrados, todos de bermuda e chinelas de dedo, um sem camisa, e aquela carinha de “moço me dá uma moeda”.
Agora prestem atenção no instrumental que nos espera: O primeiro da esquerda toca um toco de pau sobre um cavalete, muito mais baixo do que deveria ser, ou o tocador cresceu e não mudaram o suporte. O percursionista, de camisa laranja, tem a seu dispor um balde de cabeça para baixo e pintado de preto, duas panelas velhas e um bumbo horizontal que não imagino que som produz, pois é seguro por uma pedra e o suporte das panelas passa por dentro dele. Os outros dois devem ser os vocalistas, pois não aparentam possuir qualquer instrumento. O último, toca um triângulo, que na verdade é uma garra de segurar armação de pilar em construção civil, provavelmente tomada emprestada de uma obra próxima.
E ainda foram obrigados a pagar antecipado! É o fim da picada!

Por Quincas Berro D’água, de passagem comprada para passar a última semana do ano na Capital.

Violência Policial

22/11/2012 - 04h30min
ampliar Violência Policial Violência Policial

Não é a primeira vez que o site agricolandianews.com recebe denuncia de abuso de poder cometido por alguns policiais de Agricolândia.


O jovem conhecido como Marquinho, relatou que a dias estava sendo ameaçado por um policial conhecido como Odevaly. Relatou que o soldado tomou sua moto sem motivo algum, por pura birra pessoal.


Marquinho conta que estava com sua moto em um lavarápido, quando chegou o referido soldado, sem farda, ostentando uma arma na cintura e aparentemente embriagado. Junto com outro policial, conhecido como “Paulo”, levaram sua moto sem qualquer justificativa legal, dizendo que essa moto seria um troféu, e ainda que iria prender a moto de seu primo. Afirmou ainda o policial, de acordo com relato do denunciante, que iria fazer um terror em Agricolândia, pois antes de sair de férias prenderia mais de 40 motos que estariam perseguindo a Janeth nas eleições de outubro último.


Não é a primeira vez que este funcionário do Estado, portanto pago com dinheiro público, usa do abuso de poder para agredir e ameaçar os cidadãos de nossa cidade, já acumulando mais de cinco processos administrativos.


O agricolandense Marquinho orientado por um advogado disse, que ira fazer uma representação ao Ministério Público e na corregedoria da Policia Militar em Teresina, pois sente-se ameaçado por esse indivíduo que é pago para nos proteger e, entretanto, anda fazendo terror na cidade.

Confirmado a Banda da Semana Cultural e Aniversario de Agricolandia

20/11/2012 - 15h05min
ampliar Confirmado a Banda da Semana Cultural e Aniversario de Agricolandia Confirmado a Banda da Semana Cultural e Aniversario de Agricolandia

Depois de muita negociação e cachê antecipado é claro (é o besta), foi confirmado a banda prata da casa que ira marcar presença na semana que antecede o Aniversário da cidade de "Agricolândia". Confira as datas da programação festiva.


dia 28/12 Jordenio e Banda


dia 29/12 Jordenio e Conjunto            


dia 30/12 Jordenio e Cia

Forró na Cuia no clube do Manoel Pedro no bairro Tamboril

20/11/2012 - 14h23min
ampliar Forró na Cuia no clube do Manoel Pedro no bairro Tamboril Forró na Cuia no clube do Manoel Pedro no bairro Tamboril

Dia 16 de dezembro, tem Forró na Cuia no Clube Pais e Filhos do Manoel Pedro, no povoado Tamboril em Agricolândia. Então vamos marcar presença.

Agradece pela presença de todos Manoel Pedro e a Banda Forró na Cuia.

Bradesco, uma constante ameaça

19/11/2012 - 15h37min
ampliar Bradesco, uma constante ameaça Bradesco, uma constante ameaça

O Bradesco foi o responsável pelo maior incêndio urbano em nossa cidade. Pela primeira vez, uma guarnição do Corpo de Bombeiros Militar teve que se deslocar de Teresina até a nossa cidade para conter um incêndio.


O Bradesco também foi responsável pela total destruição de nossa agência Lotérica e por danos no Restaurante Barbaridades. E, em nenhum momento, prontificou-se a arcar com os prejuízos, tendo que os empresários atingidos assumirem os custos da reconstrução. Até hoje, vestígios do incêndio são visíveis nos prédios vizinhos.


E que providências tomou a rica instituição financeira? Limitou-se a reconstruir o prédio ocupado, com as mesmas características do antigo, inclusive com a mesma insegurança.


As frágeis portas de vidro, que podem ser derrubadas com um simples chute, continuam abertas durante a noite. Não há alarmes ou sensores de presença no hall do estabelecimento. Não há qualquer segurança. Em resumo: estamos sujeitos a um novo ataque de bandidos, explodindo o prédio e incendiando o quarteirão!


O responsável pelo posto bancário “enche a boca” para alardear que o novo caixa eletrônico é a prova de ataques, tem “blindagem dupla”. Ou seja: o Bradesco protege o seu rico dinheirinho e que se danem os vizinhos!


Para todos nós, principalmente para aqueles que foram “convencidos” a abrirem uma conta corrente naquele Banco para receberem seus benefícios do INSS enquanto aquele era o “Banco Postal”, é muito importante a presença deste posto de serviços em nossa cidade. Mas é fundamental que a rica empresa blinde a porta de acesso externo, apague as luzes internas durante a madrugada e instale alarmes e sensores de presença, que alertem os vizinhos para eventuais invasões noturnas. Não que alguém vá proteger o patrimônio alheio, mas, pelo menos, que sejamos alertados para um iminente incêndio.


Para completar: o Bradesco abandonou por 58 dias uma montanha de entulhos na via lateral do prédio sinistrado, interrompendo inclusive o tráfego normal de veículos. Removeu-a recentemente. Seguindo o exemplo dado, um morador depositou, no mesmo local, restos de uma demolição e galhos de árvores podadas. O pseudo-gerente revoltou-se, exigindo a imediata remoção dos rejeitos. Folgado! Façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço!


Por Quincas Berro D’água, conselheiro ambiental e de segurança, correntista da Caixa Econômica Federal.

TCE cria núcleo de inteligência para combater corrupção no Piauí

19/11/2012 - 15h31min
ampliar TCE cria núcleo de inteligência para combater corrupção no Piauí TCE cria núcleo de inteligência para combater corrupção no Piauí

O Tribunal de Contas do Estado implanta até o final deste mês dois novos núcleos que vão contribuir para agilizar ainda mais os trabalhos de fiscalização e controle das contas públicas, com o objetivo de prevenir desvio de recursos na administração do Estado e dos municípios.


No próximo dia 29 de novembro, o Presidente do TCE vai entregar os núcleos de auditoria operacional e de inteligência. O primeiro vai intensificar as operações para avaliar a qualidade do serviço prestado por programas governamentais, analisando também a relação custo benefício do serviço executado e ajudando o gestor a corrigir possíveis falhas. Já o núcleo de inteligência vai ganhar estrutura para dar suporte ao trabalho que já vem sendo feito com o cruzamento de dados oriundos de várias fontes e instituições com as quais o TCE firmou parceria, a fim de coibir irregularidades na administração pública.


A grande vantagem da atuação do Núcleo de Inteligência é que, por meio dele, o TCE tem condições de fazer um monitoramento das movimentações financeiras dos gestores, checando informações de um banco de dados que inclui transferência de imóveis, declaração de rendimentos, IPVA, entre outros. Com isso, fica mais fácil detectar possíveis desvios de recursos a partir do enriquecimento ilícito de gestores e servidores públicos.


Segundo o Presidente do TCE, Conselheiro Kennedy Barros, a ideia é fazer uma investigação preventiva, detectando irregularidades que, muitas vezes, não aparecem nas prestações de contas. “ É um trabalho preventivo de fundamental importância para que o Tribunal possa antecipar-se aos fatos, antes que eles venham a causar danos ao Erário”, explica Kennedy.


No mesmo dia, serão inauguradas também as novas instalações da Ouvidoria do TCE, coordenada pela Conselheira Lílian Martins, de forma a melhorar a aproximação dos técnicos da Corte com a sociedade civil organizada e o cidadão comum.

Sobra lixo e boatos na cidade

19/11/2012 - 11h44min
ampliar Sobra lixo e boatos na cidade Sobra lixo e boatos na cidade

Poucas horas depois de publicarmos a matéria “Caos na Administração Municipal”, para surpresa da população de Agricolândia, um caminhão iniciou o recolhimento do lixo acumulado na Av. Hugo Napoleão.


Mas quem imaginou que o prefeito João de Deus finalmente tinha acordado, enganou-se. O caminhão pertence ao prefeito eleito.


Não foi recolhido todo o lixo da cidade, sequer de toda a avenida principal, mas foi um bom começo. E logo correu pela cidade a notícia que o futuro prefeito, juntamente com três advogados, estava reunido com a equipe do atual prefeito, articulando que a partir do dia 16 próximo Walter assumiria de fato o comando municipal, com a abdicação informal do João de Deus.


A bem da verdade, a realização desta proposta ou mesmo da reunião, não pode por nós ser confirmada por fonte fidedigna, mas na noite do dia 14 eram intensos os comentários na cidade.


Dois fatos são certamente verdade: a continuar no ritmo que está, Walter vai assumir uma cidade inadministrável, falida, insolvente, caótica. E aí, por total falta de possibilidade de reverter o quadro. O outro fato verídico é que em um local onde não há lideranças, uma cidade onde não tem nenhuma autoridade constituída, é um meio de cultura para a proliferação de boatos, fofocas e todo o tipo de informação difusa. Por isso o cuidado que devemos ter ao divulgar uma notícia.


Igualmente certo é que quem ocupa atualmente algum cargo gestor na administração municipal, está com a pulga atrás da orelha, temeroso de ser envolvido nos inúmeros processos que certamente virão e também ir parar atrás das grades. Alguns já se recusam a assinar qualquer ato ou ordem.


Mas cá entre nós: embora ilegal, insólito, inédito, até que a idéia não é de toda má. Já que o Prefeito nada faz e nada fez, que entregue o comando, mesmo que informalmente, a quem tem capacidade para tocar o barco. Aliás, não seria a primeira vez que João entregaria informalmente o comando municipal: nos dois primeiros anos de seu mandato, todos sabem que quem realmente governava era o casal Barradas...


Por Quincas Berro D’água, que escondeu-se quando o caminhão passou para não ser recolhido.

Prefeitos eleitos já procurando recursos para suas cidades.

14/11/2012 - 14h21min
ampliar Prefeitos eleitos já procurando recursos para suas cidades. Prefeitos eleitos já procurando recursos para suas cidades.

O prefeito eleito Hélio Rodrigues de Hugo Napoleão esteve na superintendência da Caixa Econômica Federal, solicitando do Superintendente Nonato Andrade que o município possa ser beneficiado com um número maior de casas do Programa Minha Casa Minha Vida.

Durante o encontro também estiveram presentes o prefeito eleito Reginaldo do município de São Félix do Piauí e o prefeito Walter Alencar de Agricolândia que tem projeto para beneficiar muitas famílias com casa própria com Programa Minha Casa Minha Vida em Agricolandia.

Caos na Administração Municipal

14/11/2012 - 13h09min
ampliar Caos na Administração Municipal Caos na Administração Municipal

Agricolândia vive, talvez, o pior momento de sua história. Neste final de mandado do Prefeito João de Deus, certamente o mais incompetente de todos que já ocuparam este posto, a cidade está em total abandono.


O serviço de coleta de lixo está inoperante a mais de quarenta dias, por falta de pagamento. O lixo acumula-se nas portas das casas, em plena avenida principal, sendo por vezes queimado pelos moradores em via pública, ou espalhado pelos cães vadios que espalham-se pela cidade. Consequentemente, temos uma proliferação de ratos e moscas varejeiras empesteando Agricolândia. Alguns munícipes, para livrarem-se do mau cheiro reinante, transportam seus dejetos para a saída da cidade, e acabaram por transformar a entrada do conjunto Novo Horizonte, a frente do cemitério Catarina e imediações, em um verdadeiro lixão a céu aberto, prejudicando alguns moradores que ainda se arriscam a por lá fazerem suas caminhadas.


A Eletrobrás iniciou o corte no fornecimento de energia elétrica em algumas instalações municipais por falta de pagamento. Iniciou pela própria sede do poder executivo, paralisando os trabalhos administrativos e colocando fora de operação o caixa eletrônico do Banco do Brasil, onde muitos retiravam suas aposentadorias. Não temos mais sinal da TV aberta convencional, pois a antena transmissora das TVs teve sua energia cortada. A horta comunitária, as escolas municipais e até o hospital já receberam o aviso de corte.


As ambulâncias estão paradas, todas com defeitos mecânicos (alguns até simples), mas a oficina contratada para os reparos não os executa por falta de pagamento. Aquele carro pequeno que fazia o transporte emergencial não o faz mais, pois não tem combustível, já que o posto Corujão suspendeu o fornecimento por falta de pagamento. Os ônibus escolares funcionam precariamente.


Os professores suspenderam as aulas na última terça feira, reivindicando o pagamento dos salários atrasados. Falta merenda escolar, no hospital não tem nenhum material ou remédio, ruas e avenidas estão às escuras. A Câmara Municipal não recebe seus repasses já há três meses, vereadores e funcionários estão sem receber e as contas corriqueiras não puderam ser pagas.


A cidade está acéfala.


Mas onde está o dinheiro público?


Alguns dizem que está bloqueado pelo TCE por falta de prestação de contas. Mas há um fortíssimo boato correndo pela boca do povo: na verdade são os agiotas, já que depois de 31 de dezembro, nunca mais. E João está cedendo às pressões e repassando o dinheiro que era do povo para os bandidos de colarinho branco.


Triste e árdua missão que Walter terá pela frente.


Já aquele João que vai entrar em 2013 desempregado, a Justiça lhe aguarda. Mesmo que nossos Tribunais não o coloque junto com José Dirceu e José Genoíno, há um sério risco dele ir parar na cadeia por outro motivo, boatos que está correndo na cidade: falta de pagamento de pensão.


Quem viver, verá.

Por Quincas Berro D’água, observador e fofoqueiro. Vidente nas horas vagas.

O tigrão só trabalhando

14/11/2012 - 05h42min
ampliar O tigrão só trabalhando O tigrão só trabalhando

E bom lembra que o tigrão vem se movimentando.

A onça ainda dorme

14/11/2012 - 04h59min
ampliar A onça ainda dorme A onça ainda dorme

Foto do dia


Foram tutucar a onça com vara curta, a onça ainda dorme.

Presídio é o destino mais provável de Dirceu do PT

14/11/2012 - 04h49min
ampliar Presídio é o destino mais provável de Dirceu do PT Presídio é o destino mais provável de Dirceu do PT

Condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a dez anos e dez meses de prisão, o ex-ministro José Dirceu tem como destino mais provável um presídio de segurança máxima no interior de São Paulo, Estado onde tem residência atualmente.


Dirceu deve cumprir o início de sua pena em regime fechado, como determina a legislação brasileira para casos de condenação superior a oito anos de prisão.


Segundo criminalistas, ele terá que passar ao menos um ano e nove meses na prisão antes de mudar de regime, passando para o semiaberto.


O ex-ministro pode ir para o Complexo Penitenciário de Tremembé (147 km de São Paulo) ou para o Centro de Ressocialização de Limeira (151 km da capital paulista).


Por abrigar condenados de crimes de grande repercussão, o complexo de Tremembé é conhecido como "Presídio de Caras", referência à revista de celebridades "Caras".


Para lá foram encaminhados presos como o jornalista Pimenta Neves, condenado pelo assassinato da ex-namorada Sandra Gomide, e Elize Matsunaga, acusada de matar e esquartejar o marido.


A Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo --a quem cabe a definição inicial, caso a execução penal ocorra no Estado-- não informou oficialmente onde Dirceu poderá cumprir sua pena. A defesa de Dirceu não comentou o assunto.


Segundo Thiago Bottino, da FGV Direito-Rio, o STF pode também determinar que a execução fique a cargo de um juiz de Brasília, onde aconteceram os crimes pelos quais Dirceu foi condenado.


Após a definição, Dirceu poderia ainda recorrer à Justiça para alterar o local de cumprimento da pena.


O ex-ministro foi condenado pelo STF por dois crimes: formação de quadrilha, com pena de dois anos e onze meses de prisão, e corrupção ativa, em que recebeu sete anos e onze meses de cadeia.


Com a condenação, Dirceu --que já estava inelegível desde a cassação de seu mandato na Câmara dos Deputados em 2005-- deve permanecer nessa situação até 2031, quando terá 85 anos, caso acórdão do STF seja publicado já no início do ano que vem e a pena, que nessa condição iria até 2023. não for reduzida durante seu cumprimento.


Isso porque a Lei da Ficha Limpa determina que os condenados por órgão colegiado fiquem impedidos de se candidatar nas eleições que acontecerem nos oito anos seguintes ao término da pena.


Já o ex-presidente do PT José Genoino, 66, deve ficar inelegível até 2027, quando terá 81 anos --isso se não houver redução da pena e se o acórdão for publicado em 2012. Como a pena é de seis anos e onze meses, ele poderá cumpri-la em regime semiaberto.


Fonte:180graus.com

Vereadores e prefeitos pela primeira vez terão capacitação

14/11/2012 - 04h46min
ampliar Vereadores e prefeitos pela primeira vez terão capacitação Vereadores e prefeitos pela primeira vez terão capacitação

A Escola do Legislativo Professor Wilson Brandão realiza, dias 19 e 20 de novembro, no Cine Teatro da Assembleia Legislativa, o Encontro “Mudança de Gestão com Responsabilidade”. O evento é gratuito e destinado a prefeitos, vereadores e demais profissionais ligados às atividades nos municípios.


O Encontro é dividido em módulos, de 8h às 12 e de 14h às 18h. Neles serão abordados temas como: “O processo de transição governamental na gestão publica dos municípios”; “Panorama da Administração Pública Municipal e os principais gargalos”; “Providencias práticas para a transição de governo local”; “Lei de responsabilidade fiscal”;“Gestão das câmaras municipais; Funções do legislativo”, entre outros.


De acordo com a advogada Patrícia Pinheiro, uma das palestrantes, o evento proporcionará a gestores e assessores uma ampla visão da administração municipal, abrangendo desde às primeiras providências à Lei de Responsabilidade Fiscal. “Serão debatidos os deveres, direitos e responsabilidades dos agentes políticos e demais membros envolvidos. Abordaremos a Lei de Acesso às informações e também a transição governamental. Não poderíamos deixar de enfocar a situação financeira e patrimonial do município, tais como dívidas, reservas financeiras, estoques, prestação de contas e subvenções; bem como as despesas obrigatórias na Saúde, Educação e a conta do FUNDEB. Outra preocupação que será enfatizada na ocasião será a Lei da Ficha Limpa”, resumiu.


De acordo com o diretor da Escola do Legislativo, professor Edmar Junior, o evento é importante não apenas para prefeitos e assessores, mas também para os vereadores. “Tivemos a preocupação de contemplar informações que são fundamentais aos legisladores municipais, os vereadores. Por isso, na programação estão inclusos esclarecimentos acerca do processo de transição no Legislativo, dos limites de receitas e despesas do Legislativo, esclarecimentos sobre repasses, receitas e base de cálculo; sobre as verbas indenizatórias para vereadores; prestações de contas, entre outros temas de igual relevância”, disse.


Maiores informações podem ser obtidas pelo (86)3222-0010.

População reclama que o lixo não está sendo recolhido

13/11/2012 - 14h48min
ampliar População reclama que o lixo não está sendo recolhido População reclama que o lixo não está sendo recolhido

Agricolândia  produz  hoje, aproximadamente 15 toneladas de lixo por semana, um caminhão fazem a coleta diária de todo lixo, mas há 5 dias que essa coleta não está sendo feita.

Segundo um funcionário da prefeitura, que não quis se identificar por medo de represaria disse que é falta de pagamento, mas confessou que as notas de pagamentos do recolhimento todos os meses estão nos balancetes, ai tem... Disse o funcionário pedindo pelo amor de deus para não ser identificado. E a população está sofrendo com a fedentina nas ruas, bairros e no centro.


É comum, ver muitos urubus na cidade, até mesmo o lixo do hospital não foi recolhido.


E o prefeito? Sumiu!


E o dinheiro? Sumiu!


Obs.: materia postada de um morador de Agricolandia.


Agricolandenses mande suas materias, que publicamos (obs.: materia de denuncias) para e-mail agricolandianews@hotmail.com

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

EnqueteVocê acredita que o prefeito Walter Alencar está apoiando os desmandos de seus secretariado?

Auditado por Google Analytics