Seu navegador não suporta Javascript.

Notícia Destaque: Prefeito Walter Alencar participa da posse do novo presidente da AMPAR

24/01/2015 - 13h16min
ampliar Prefeito Walter Alencar com o Governador Wellington Dias Prefeito Walter Alencar com o Governador Wellington Dias

...
Leia a matéria completa

MAIS FOTOS:

Prefeito Walter Alencar participa da posse do novo presidente da AMPAR
Prefeito Walter Alencar participa da posse do novo presidente da AMPAR
Prefeito Walter Alencar participa da posse do novo presidente da AMPAR
Prefeito Walter Alencar participa da posse do novo presidente da AMPAR



Dia da Indústria

25/05/2011 - 08h39min
ampliar 25 de Maio Dia da Indústria 25 de Maio Dia da Indústria

A antiga economia feudal, que durante séculos esteve nas mãos da nobreza, foi suplantada pela economia mercantilista - exercida pela burguesia -, baseada no comércio e na exploração de colônias.


Em meados do século XVII, a Inglaterra dominava o comércio mundial e o tráfego de mercadorias existente entre as colônias. Esse poderio econômico, aliado às grandes reservas de carvão encontradas em seu território, criou o ambiente favorável para a Revolução Industrial. Além disso, a burguesia iniciou um processo de ocupação das terras dos camponeses, que foi denominado "cercamento" fato que gerou êxodo rural e acúmulo de mão-de-obra nas cidades. As terras, por sua vez, foram ocupadas por rebanhos de ovelhas, que forneciam lã para a recente indústria têxtil. Assim, o cenário econômico, antes predominantemente agrário, passou a ser urbano e industrial.


Esse processo beneficiou sobremaneira a Inglaterra, que tinha à sua disposição um imenso mercado externo, principalmente nas colônias da África e da América, para as quais poderia escoar sua produção. Como moeda de troca, recebia o ouro e as riquezas obtidas de seus "clientes", entre eles Portugal, que explorava a colônia do Brasil.


O início dessas atividades industriais foi uma combinação de fatores econômicos, políticos e científicos. Assim, esse ambiente era complementado pelo desenvolvimento tecnológico que o mundo alcançava. Inventos e avanços - como a produção de ferro com carvão de coque, a máquina a vapor, a fiandeira mecânica e o tear mecânico - causaram uma revolução na produção de bens. O advento da indústria deu-se com a mecanização e automação dos antigos processos de manufatura.


No Brasil, a instalação das indústrias teve grande incentivo com a decadência da economia cafeeira. Com a queda do preço do café no mercado internacional, muitos cafeicultores faliram, e seus ex-empregados rumaram às cidades. Essa mão-de-obra excedente passou a ser utilizada nas indústrias que começavam a ser instaladas no Brasil, onde a antiga sociedade agrária começou também a ser substituída pela sociedade industrial.


Esse novo sistema econômico acabou por transformar as relações na sociedade, criando duas novas classes sociais: a dos empresários, ou capitalistas - proprietários do capital e dos meios de produção - e a dos operários, cujas posses eram apenas sua força de trabalho, fornecida vendi aos empresários em troca de remuneração. Esse sistema funciona praticamente do mesmo modo até hoje. Contudo, as relações trabalhistas têm mudados em função do bem-estar do proletariado. Jornada de trabalho de 8 horas, férias remuneradas, licença-maternidade, entre outras, foram conquistas dessa classe que é, verdadeiramente, a responsável pelo crescimento da economia.


Fonte: www.paulinas.org.br


Pesquisa: Manoel Filho

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





TV NEWS - VÍDEOS


   

Ver todos os vídeos

O caseiro Francenildo do Piauí e a camareira Nafissatou da Guiné

24/05/2011 - 13h34min
ampliar Brasil X USA Brasil X USA

'O azar de Francenildo foi não ter tentado a vida em Nova York', afirma o colunista da Veja


O colunista Augusto Nunes da VEJA online faz um comparativo entre os casos do ex-caseiro piauiense Francenildo Costa e a camareira Nafissatou Diallo. Ambos ganharam destaque na mídia nacional e internacional. Com algumas particularidades, o colunista chega a afirmar: "A sorte de Nassifatou foi ter escapado de viver num Brasil que absolve o criminoso reincidente e castiga quem comete o pecado da honestidade".


VEJA ABAIXO A NOTA NA ÍNTEGRA


Nascido no Piauí, Francenildo Costa era caseiro em Brasília. Em 2006, depois de confirmar que Antonio Palocci frequentava regularmente a mansão que fingia nem conhecer, teve o sigilo bancário estuprado a mando do ministro da Fazenda.
Nascida na Guiné, Nafissatou Diallo mudou-se para Nova York em 1998 e é camareira do Sofitel há três anos. Domingo passado, enquanto arrumava o apartamento em que se hospedava Dominique Strauss-Kahn, sofreu um ataque violento do diretor do FMI e candidato à presidência da França, que tentou estuprá-la.


Consumado o crime em Brasília, a direção da Caixa Econômica Federal absolveu liminarmente o culpado e acusou a vítima de ter-se beneficiado de um estranho depósito no valor de R$ 30 mil. Francenildo explicou que o dinheiro fora enviado pelo pai. Por duvidar da palavra do caseiro, a Polícia Federal resolveu interrogá-lo até admitir, horas mais tarde, que o que disse desde sempre era verdade.


Consumado o crime em Nova York, a direção do hotel chamou a polícia, que ouviu o relato de Nafissatou. Confiantes na palavra da camareira, os agentes da lei descobriram o paradeiro do hóspede suspeito e conseguiram prendê-lo dois minutos antes da decolagem do avião que o levaria para Paris ─ e para a impunidade perpétua.


Até depor na CPI dos Bingos, Francenildo, hoje com 28 anos, não sabia quem era o homem que vira várias vezes chegando de carro à “República de Ribeirão Preto”. Informado de que se tratava do ministro da Fazenda, esperou sem medo a hora de confirmar na Justiça o que dissera no Congresso. Nunca foi chamado para detalhar o que testemunhou. Na sessão do Supremo Tribunal Federal que examinou o caso, ele se ofereceu para falar. Os juízes se dispensaram de ouvi-lo. Decidiram que Palocci não mentiu e que as contundentes provas do estupro eram insuficientes para a aceitação da denúncia.


Depois da captura de Strauss, a camareira foi levada à polícia para fazer o reconhecimento formal do agressor. Só então descobriu que o estuprador é uma celebridade internacional. A irmã que a acompanhava assustou-se. Nafissatou, muçulmana de 32 anos, disse que acreditava na Justiça americana. Sempre jurando que tudo não passara de sexo consensual, o acusado foi soterrado pela montanha de evidências e, depois de trocar o terno pelo uniforme de prisioneiro, recolhido a uma cela.


Nesta quinta-feira, Francenildo completou cinco anos sem emprego fixo. Até agora, ninguém se atreveu a garantir a estabilidade financeira do caseiro que ousou contar um caso como o caso foi. No mesmo dia, Palocci completou cinco dias de silêncio: perdeu a voz no domingo, quando o país soube do milagre da multiplicação do patrimônio. Pela terceira vez em oito anos, está de volta ao noticiário político-policial.


Enquanto se recupera do trauma, a camareira foi confortada por um comunicado da direção do hotel: “Estamos completamente satisfeitos com seu trabalho e seu comportamento”, diz um trecho. Estimuladas pelo exemplo da imigrante africana, outras mulheres confirmaram que a divindade do mundo financeiro é um reincidente impune. Nesta sexta-feira, depois de cinco noites num catre, Strauss pagou a fiança de 1 milhão de dólares para responder ao processo em prisão domiciliar. Até o julgamento, terá de usar uma tornozeleira eletrônica.


Livre de complicações judiciais, Palocci elegeu-se deputado, caiu nas graças de Dilma Rousseff e há quatro meses, na chefia da Casa Civil, faz e desfaz como primeiro-ministro. Atropelado pela descoberta de que andou ganhando pilhas de dinheiro como traficante de influência, tenta manter o emprego. Talvez consiga: desde 2003, não existe pecado do lado de baixo do equador. O Brasil dos delinquentes cinco estrelas é um convite à reincidência.


Enlaçado pelo braço da Justiça, Strauss renunciou à direção do FMI, sepultou o projeto presidencial e é forte candidato a uma longa temporada na gaiola. Descobriu tardiamente que, nos Estados Unidos, todos são iguais perante a lei. Não há diferenças entre o hóspede do apartamento de 3 mil dólares por dia e a imigrante africana incumbida de arrumá-lo.


Altos Companheiros do PT, esse viveiro de gigolôs da miséria, recitam de meia em meia hora que o Grande Satã ianque é o retrato acabado do triunfo dos poderosos sobre os oprimidos. Lugar de pobre que sonha com o paraíso é o Brasil que Lula inventou. Colocados lado a lado, o caseiro do Piauí e a camareira da Guiné gritam o contrário.


Se tentasse fazer lá o que faz aqui, Palocci não teria ido além do primeiro item do prontuário. Se escolhesse o País do Carnaval para fazer o que fez nos Estados Unidos, Strauss só se arriscaria a ser convidado para comandar o Banco Central. O azar de Francenildo foi não ter tentado a vida em Nova York.


A sorte de Nassifatou foi ter escapado de viver num Brasil que absolve o criminoso reincidente e castiga quem comete o pecado da honestidade.





Apesar da piada no final, a notícia é verdadeira

23/05/2011 - 09h56min
ampliar Apesar da piada no final, a notícia é verdadeira Apesar da piada no final, a notícia é verdadeira

Inacreditável, mas verdadeira


Homem falha ao tentar engravidar mulher do vizinho

Um homem que vive na Alemanha foi processado por não conseguir engravidar a mulher do vizinho, depois de ser contratado por 2 mil euros (cerca de R$ 5,7 mil) para isso.


Demetrius Soupolos e a mulher, Traute, queriam ter uma criança, mas descobriram que Soupolos não poderia ter filhos.Por isso, decidiram contratar Maus, na esperança que o homem casado e com dois filhos pudesse engravidar Traute.

A informação foi divulgada pela publicação alemã “Bild”.

Depois de seis meses e nenhuma gravidez – com uma média de tentativas de três vezes por semana –, Soupolos insistiu para que Maus passasse por exames médicos.

Os testes mostraram que o vizinho também é estéril.

Por isso, a mulher de Maus foi obrigada a admitir que as duas crianças não eram dele.”

Agora, decida você o que é pior:

1) Ir a justiça cobrar um cara que comeu sua mulher por seis meses.


2) Contratar um cara para comer sua mulher por seis meses.


3) Descobrir que você é estéril enquanto tenta engravidar a mulher do vizinho, recebendo para isso.


4) Descobrir que os dois filhos que você tem não são seus.


5) “Cornear” o vizinho e descobrir que já foi corno, nomínimo duas vezes.


6) Ser denunciado no PROCON pela má qualidade do serviço prestado.


7) Ter que devolver o dinheiro e assumir a cornitude.


8) Todas as anteriores.





NEW SOM EM PEDRAS

22/05/2011 - 18h19min
ampliar Antonio Carlos, DJ da New Som Antonio Carlos, DJ da New Som

CONFIRA MAIS FOTOS...

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





Baile em Pedras

22/05/2011 - 17h52min
ampliar STÚDIO MFgravações STÚDIO MFgravações

Cobertura TOTAL do baile no Club do Sr. Manoel Pemba em pedras, município de São Pedro do Piauí,


O Pancadão NEW SOM agitou toda galera, tocando as novidades do momento...


confira algumas fotos...

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Vereador Manoel Roseno fala sobre denúncia vinculada no site agricolandianews

20/05/2011 - 13h40min
ampliar Manoel Roseno Manoel Roseno

Em entrevista ao site meionorte.com o Secretário da mesa diretora da câmara o Vereador Manoel Roseno sobre a grande repercussão da matéria vinculada nos sites da cidade sobre o caso do seu colega de bancada Caldinei “PC” que diz respeito a seus supostos desvios de conduta, o Vereador Manoel Roseno lamentou e diz que na seção de hoje 20/05 vai pedir esclarecimentos mais detalhados sobre o caso para a Presidente da Câmara Municipal Edith Alencar, e se caso for comprovado o Vereador levará o caso para a Comissão de Constituição de Justiça, ”CCJ” da Câmara, e promete para a população de Agricolândia que os fatos serão apurados.


O mesmo convida todos os cidadãos a estarem presentes na seção de hoje 20/05 , Agradece o Vereador Manoel Roseno.


Fonte:meionorte.com

Deputado Hugo Napoleão propôe o programa Primeiro Emprego em âmbito federal

20/05/2011 - 07h24min
ampliar Dep Hugo Napoleão Dep Hugo Napoleão

O programa fez parte das políticas de inserção da mão de obra jovem no mercado de trabalho na gestão de Napoleão, no governo do Piauí.

O deputado federal Hugo Napoleão, PSD, propôs na Câmara Federal, Indicação de Projeto de Lei, para a criação do Programa de Estágio ao Primeiro Emprego em âmbito federal. O programa fez parte das políticas de inserção da mão de obra jovem no mercado de trabalho na gestão de Napoleão, no governo do Piauí.

“Através do SERSE, o Serviço Social do Estado, o governo inseria jovens já cadastrados no mercado de trabalho através de empresas e de órgão da administração pública”, justificou o deputado.

A inserção ocorria através do contrato de estágio de jovens entre 18 e 30 anos através do SERSE, mas com a interveniência obrigatória da instituição de ensino ao qual o jovem devia estar matriculado e cursando. O contrato era firmado mediante termo de compromisso de estágio, de acordo com o que reza a legislação trabalhista.

“Um dos critérios era de que o estagiário estivesse formalmente frequentando o ensino especial, médio ou superior; fosse cadastrado no SERSE e ainda não possuísse vínculo empregatício no presente ou no passado”, esclareceu Hugo Napoleão.

Já as empresas que concediam estágios de seis meses no âmbito do Programa Primeiro Emprego recebiam incentivos fiscais, “entretanto, deviam contratar pelo menos cinqüenta por cento dos estagiários como empregados efetivos”.

A Indicação do deputado Hugo Napoleão foi apresentada à Mesa Diretora da Câmara, na sessão desta quarta-feira, dia 18. Segundo o deputado, “o programa logrou êxito no Estado do Piauí e por isso entendemos que alcançaria grande sucesso como um programa federal”.

Além disso, garante Napoleão, “um programa federal nestes termos contribuirá para resolver um dos maiores problemas enfrentados pela juventude brasileira que é a falta de capacitação profissional”.

Deputado João Madison assume a Ouvidoria Geral do Estado

19/05/2011 - 12h32min
ampliar João Madison João Madison

Ao assumir a Ouvidoria Geral do Estado, o deputado estadual João Mádison (PMDB) destacou ontem que as manifestações serão ouvidas com “anonimato total”, e conclamou “as pessoas que porventura tiverem algum descontentamento”, a ligarem para a Ouvidoria. Madison esteve presente no prédio do órgão no Centro de Teresina e afirmou que o cargo é de grande importância.

“Espero corresponder às expectativas da população, dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido e melhorar o que tem para melhorar”, disse. A Ouvidoria Geral é um canal que liga a sociedade ao Governo, para facilitar a comunicação entre os órgãos do Estado e os cidadãos, deixando mais transparentes as ações da administração pública estadual.

“Tudo que chegar aqui vai receber uma tenção especial, sejam críticas, elogios ou sugestões. Vamos buscar também um maior entrosamento com as secretarias, autarquias ou economia mista do Estado”, justificou, acrescentando que as denúncias são importantes para melhorar o atendimento de qualquer repartição estadual. “É uma ferramenta da população para reivindicar aquilo que ela acha que é melhor para o seu dia a dia”.

NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

O suplente da coligação do PSB, Odival Andrade, tomou posse ontem na Assembleia Legislativa na vaga deixada pelo deputado João Mádison (PMDB) que se licenciou da Casa para assumir a Ouvidoria Geral do Estado.

Ao tomar posse Odival Andrade, que é ex-prefeito de Piripiri, disse que pretende trabalhar em favor do desenvolvimento do Piauí e convidou o deputado Marden Menezes (PSDB), seu adversário, a unir-se a ele e trabalharem pelo mesmo objetivo.

A saga de um vereador de Agricolandia

18/05/2011 - 20h01min
ampliar vereador PC vereador PC

A vereadora Edith Alencar tem tido muito trabalho para conseguir desatar o imenso emaranhado de irregularidades que envolvem as gestões anteriores da Câmara Municipal.

Um dos casos mais escabrosos envolve o vereador Claudinei PC. É de arrepiar. Vejam só: o vereador Caldinei (PC), que na época tinha a função de tesoureiro da Câmara, fez um empréstimo pessoal de 6.000,00 (seis mil reais) em julho de 2010 no Banco do Brasil, mas, sem informar o presidente da Casa (na época o vereador Gilvan Vaqueiro). O inacreditável era que as parcelas desse empréstimo eram debitadas na conta da Câmara dos Vereadores. Isso mesmo: o empréstimo era pessoal, mas a conta era paga por toda a população de Agricolândia!

Não é de hoje que o vereador PC envolve-se com falcatruas.

Logo no início de seu mandado envolveu-se com desvio de dinheiro público, utilizando-se de notas frias e clonadas no valor de quase R$ 5.000,00 (cinco mil reais). Logo após, o mesmo vereador PC destruiu o carro da câmara, em um caso até hoje não explicado, pois o veículo era para serviço restrito da Câmara mas foi “acidentado” próximo a cidade de Dermeval Lobão, as 9 horas da noite, domingo uma véspera de feriado, sem nenhuma missão oficial prevista. Até hoje o carro vive jogado em uma oficina de Teresina, com uma divida que supera o próprio valor do veículo.

Logo após, o vereador Caldinei foi denunciado por não repassar aos vereadores o valor total pelas sessões extraordinárias da Câmara. Segundo esta denúncia, feita pelos seus próprios colegas vereadores, ele pedia aos seus pares, utilizando-se indevidamente do nome do prefeito João de Deus, para assinarem um recibo R$ 917,00 mas entregava somente R$ 500,00, sob a justificativa que o ex-prefeito Dr. Barradas tinha acabado com todo o dinheiro da prefeitura. Somando-se estes desvios dos recibos teria o vereador embolsado mais de R$ 4.000,00 (quatro mil reais).

Agora sabemos porque o vereador PC fez de tudo para tentar eleger-se Presidente da Câmara, inclusive fazendo chantagens ao prefeito e a vereadores, chegando até a gravar conversas privativas entre eles. Trouxe até um conhecido agiota para a Câmara, tentando aliciar vereadores a votarem nele. Ao final, só teve o seu voto.

É lamentável um vereador que fez juramento de compromisso para defender os direitos do povo, simplesmente jogar toda sua ética debaixo do tapete.

A atual presidente da Câmara, vereadora Edith Alencar, não se intimidou, relatando todos esses problemas na ultima sessão da câmara aos demais vereadores, tudo o que já foi apurado, salientando que não aceita qualquer tipo de desvios, informando que está descontando as parcelas do empréstimo pagas pela Câmara do salário do vereador PC.

 “Entregarei o caso à Comissão de Justiça da Câmara e denunciarei o fato ao Ministério Publico” - disse a vereadora Edith Alencar, completando: “Lamento muito, mas se me calar estarei compactuado com estes crimes, e fui eleita para fiscalizar os recursos públicos de Agricolândia”.

Palestra sobre o dia nacional de combate a exploraçao sexual

17/05/2011 - 08h26min
ampliar Palestra sobre o dia nacional de combate a exploraçao sexual Palestra sobre o dia nacional de combate a exploraçao sexual

Palestra sobre o dia nacional de combate a exploração sexual de crianças e adolescentes


Foi realizada na manhã desta segunda feira uma palestra sobre o dia nacional de combate a exploração sexual de crianças e adolescentes, o dia nacional é dia 18 de maio mais o conselho tutelar da cidade juntamente com a secretaria de assistência social resolveram realizar esse encontro que contou ainda com a participação do Ministério Público na pessoa do promotor de justiça Dr. Nielsen que no seu pronunciamento sobre as punições impostas na Lei para os quem comete alguma forma de abuso a criança e adolescente como também a participação da assistente social e da psicóloga do centro de referência da assistência social. Em sua fala o presidente do conselho tutelar o sr. Valdano convidou a todos para uma caminhada dia 18 sobre essa temática.

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Buracos nas estradas custam muito caro aos cofres público

17/05/2011 - 08h20min
ampliar buracos nas estradas do Piauí buracos nas estradas do Piauí

O papel era dos órgãos de fiscalização. Eram a Assembleia Legislativa, o Tribunal de Contas do Estado, o Ministério Público ou a imprensa que deveriam ter apontado o problema. No entanto, foi o próprio Governo do Estado que tomou a iniciativa de reconhecer que o Piauí estava construindo estradas sonrisal.

Esse tipo de estrada o governo Wellington Dias fez a torto e a direito no Piauí, durante os sete anos de seu mandato. O seu governo tomou emprestado mais de R$ 1 bilhão para asfaltar estradas. Só que ele usou e abusou da pavimentação conhecida como TSS - ou Tratamento Superficial Simples.

Com o mesmo dinheiro, era possível espalhar asfalto por todo canto, ainda que o TSS não resista a um mandato ou sequer a dois invernos bons. O resultado é que estradas construídas há pouco mais de um ano já estão se desmanchando, enquanto o Piauí ainda passará até 20 anos para pagar os empréstimos tomados para construção dessas obras.

Sem alarde, o governador Wilson Martins proibiu esse modelo de estrada. A partir de agora, por determinação sua, todo novo projeto de asfaltamento deve utilizar o sistema TSD - Tratamento Superficial Duplo. A camada de asfalto empregada através desse sistema é reforçada e possibilita que a estrada tenha uma vida útil de pelo menos dez anos.

Não foi só isso. Numa postura diferente do antecessor, Wilson determinou também que todos os contratos novos exijam que as mesmas construtoras que realizarem o asfaltamento sejam as responsáveis pela manutenção da rodovia. Assim, se a empreiteira fizer um serviço ruim, terá que cuidar dos consertos. Se fizer um bom serviço, vai economizar em reparos.

O curioso é que o governo Wellington Dias passou quase oito anos construindo estrada sonrisal e os órgãos de fiscalização fizeram vistas grossas para as obras de péssima qualidade entregues à população. Isso quando não atestaram oficialmente, através da aprovação das prestações de contas, a boa qualidade dessas rodovias. Uma negligência lamentável, que custou muito aos cofres públicos do Piauí.


Fonte:Zozimo Tavares
 

Curso de Primeiros Socorros é realizado em Agricolandia

16/05/2011 - 11h44min
ampliar Curso de Primeiros Socorros é realizado em Agricolandia Curso de Primeiros Socorros é realizado em Agricolandia

A Igreja Adventista do Sétimo Dia realizou através do Grupo de Jovens “AME’S” um curso de Primeiros Socorros, o curso foi realizado nas Unidades Escolar Evaristo Reis e Roque Alencar, nos dias 14 e 15 de Maio, ministrado pelos Sargentos do Corpo de Bombeiros Marcílio e Tupinambá, ambos com uma vasta experiência no assunto.Eram 28 cursando onde aprenderam como realizar os primeiros socorros a uma vitima, com aulas teóricas e práticas.

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Hoje tem Forró Arre égua e Chicaégua em Agricolândia

13/05/2011 - 11h54min
ampliar Hoje tem Forró Arre égua e Chicaégua em Agricolândia Hoje tem Forró Arre égua e Chicaégua em Agricolândia

Hoje tem Forró Arre Égua e Chicaégua animando o ultimo dia do festejo de Nossa Senhora de Fátima em Agricolândia, o show será na praça de eventos da cidade.

Janaina e Banda animou os festejos de Agricolândia

13/05/2011 - 11h14min
ampliar Janaina e Banda animou os festejos de Agricolândia Janaina e Banda animou os festejos de Agricolândia

Muita gente bonita compareceu para o grande show da Janaina e Banda, o show foi realizado na praça de eventos de Agricolândia, a animação tomou conta do público que estavam presente.


Veja as fotos do show.


Fotos: STÚDIO MFgravações

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Parabéns para Danielle Sátiro

12/05/2011 - 11h24min
ampliar Danielle Sátiro Danielle Sátiro

Danielle Sátiro...

Tu és muito importante para nós!
Desejamos-te muitas felicidades e muitos anos de vida.
Ficamos muitos felizes por ter você em nosso ciclo de amizade.
Que Deus te abençoe nossa querida amiga, com paz, saúde e alegria; e, mesmo nos momentos mais difíceis e inevitáveis, você possa com Ele que é o verdadeiro amigo de todas as horas, e se os degraus da vida tiverem difíceis de subir, segura na mão d’Ele que com certeza, encontrarás força necessária para prosseguir.

PARABÉNS POR MAIS UM ANO DE VIDA,

FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Suas amigas: Sandra Maria, Adriana Kelly, Silvinha, Carmen e Leila.

Hoje tem Janaina e Banda em Agricolândia

12/05/2011 - 11h08min
ampliar Janaina e Banda Janaina e Banda

As festividades do Festejo de Nossa Senhora de Fátima continua até o dia 13 de maio, hoje(12) tem Janaina e Banda na Praça de Eventos deste município.

Realização da Prefeitura Municipal de Agricolândia.

Show de Calouros, revela vários talentos

12/05/2011 - 10h31min
ampliar Joelma, vencedora do concurso Joelma, vencedora do concurso


O Show de Calouros foi realizado ontem no ultimo dia de “Resgate da Cultura Local nos Festejos da Padroeira Nossa Senhora de Fátima” com grandes apresentações culturais, uma realização da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e a Prefeitura Municipal de Agricolândia, marcado pela revelação de vários Calouros que fizeram belas apresentações.


Veja as fotos.


Fotos: Adriana Kelly

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Faculdade Eventos realizará a festa da ressaca, com entrada inteiramente GRÁTIS

11/05/2011 - 11h37min
ampliar Faculdade Eventos realizará a festa da ressaca, com entrada inteiramente GRÁTIS Faculdade Eventos realizará a festa da ressaca, com entrada inteiramente GRÁTIS

A festa da ressaca será na Faculdade Eventos no dia 14 de maio “Sábado” e a entrada é totalmente grátis, a partir das 17:00hs animação do Forrozão Molejo.


Organização Nathan e Tatá

veja como foi a Gincana da cachaça

11/05/2011 - 11h27min
ampliar veja como foi a Gincana da cachaça veja como foi a Gincana da cachaça

Houve também a gincana da cachaça na apresentação cultural em Agricolândia.

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Concurso de danças, na apresentação cultural

11/05/2011 - 11h08min
ampliar Concurso de danças, na apresentação cultural Concurso de danças, na apresentação cultural

Confira como foi o segundo dia de apresentações cultural  durante o festejo de nossa Senhora de Fátima, ontem várias pessoas se apresentaram no concurso de danças.

Veja as fotos

Fotos: STÚDIO MFgravações

MAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

EnqueteO que é preciso para ter uma melhor Agricolândia em 2015?

Auditado por Google Analytics